quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

A inspiração de Jatene

.






.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Grupo ORM vai pelos ares (da alfândega)

.
Após represália das Organizações Rômulo Maiorana à uma servidora da alfândega paraense, o Sindicato Nacional dos Auditores da Receita Federal - Sindfisco e congêneres, reuniram-se em Belém para o ajuste da alça de mira e o oportuno apoiamento à companheira Cláudia Melo que, no cumprimento do dever, além de Chico, ousou "bater" também em Francisco, no caso, os maninhos Rômulo e Ronaldo Maiorana.

Cláudia Melo é Inspetora da Alfândega do Aeroporto Internacional de Belém e tem, sob o peso de sua caneta, a responsabilidade pelo desfecho da investigação de possível crime cometido pela Empresa ORM Air, de propriedade dos maninhos, na compra de um jatinho avaliado em 15 milhões de dólares, sem que o devido pagamento das custas da importação tenha sido recolhido aos cofres nacionais. O art. 334, do Código Penal Brasileiro, tipifica este ato como "crime de descaminho". Contrabando é outra história.

Como não poderia deixar de ser, a RBA - não por acaso a arqui-rival das ORM, noticiou o assunto pela TV (20/02/13).

Segue o vídeo para quem quiser ver as cores da matéria.

video
.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Eleição da AMAT: Secretário de Jatene e Prefeito de Tucuruí estariam comprando votos

.
Matéria publicada originalmente no Blog do Hiroshi e replicada nas redes sociais, expõe suposta tentativa de corrupção na eleição que vai eleger a nova diretoria da Associação dos Municípios do Araguaia-Tocantins - AMAT.


Desde o final da tarde desta quinta-feira, 21, circulam em pontos estratégicos de Marabá o secretário Estadual de Obras, Joaquim Passarinho,  e o prefeito de Tucuruí, Sancler Ferreira (PPS).

A movimentação de ambos, segundo denúncias chegadas ao blog agora à noite, não seria nada republicana.

Conforme prefeitos ouvidos pelo poster, Joaquim e Sancler estariam oferecendo aos prefeitos aliciados  obras nos municípios  em troca de votos, preferencialmente pavimentação de ruas.

"O lamentável  gesto de corromper consciência oferecendo  pavimentação de ruas é o a moeda de troca", disse um prefeito do Sul do Pará, que estará presente, nesta sexta-feira, 22, à eleição que escolherá a nova diretoria da Associação dos Municípios do Araguaia-Tocantins (Amat).

Duas chapas disputam a presidência: uma representada pelo prefeito de Tucuruí e outra pelo prefeito de Marabá, João Salame – embos do PPS.

"É um desrespeito às comunidades que buscam reconstruir dias melhores, a forma acintosa com que Passarinho e o prefeito de Tucuruí tentam alterar o mapeamento dos votos", denuncia.

A disputa pela presidência da Amat está sendo definida como uma luta por aqueles que defendem a criação do Estado de Carajás e o governo do Estado, contrário ao movimento.

A presença em  Marabá do secretário de Obras do Estado é uma prova de que o governo pretende impedir o fortalecimento dos prefeitos  engajados na disputa emancipacionista, cooptando representantes de municípios totalmente desvinculados à ideia divisionista.

Como está havendo um mapeamento de votos de cada prefeito,  organiza-se uma reação radical contra aqueles que votarem no prefeito de Tucuruí, considerada pelo carajaense pessoa totalmente ligada a estratégia governista de enfraquecer a luta pela criação de Carajás: divulgação em veículos de comunicação, e em mídias alternativas, dos nomes dos prefeitos que se somarem a chapa liderada por Sancler Ferreira.

-------------------
Atualizado às 13:35h.

Com 25 votos, o Prefeito de Tucuruí, Sancler Ferreira (PPS) foi eleito o novo Presidente da AMAT. O Prefeito de Marabá, João Salame (PPS), obteve 11 votos. Foi registrado um voto em branco.

É oportuno reapresentar uma matéria que envolveu Jatene, asfalto e Sancler:

Leia a matéria: http://tombonfim.blogspot.com.br/search?q=asfalto
.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

BBB - professor perdeu para um jacu

.

Ontem, no jogo mortal da Globo, que transforma telespectadores em financiadores das sangrias semanais, que ensina como se faz intrigas entre pessoas, cujo confronto se deu entre o professor Ivan, o modelo Eliéser e a Miss Mundo Brasil 2010, Kamilla Salgado (essa faz jus ao nome, pois de insossa nada tem), que aqui será escanteada, para não sombrear o drama que deu causa ao capítulo do presente texto.

Sim, o drama do BBB consistiu no fato de algumas dezenas de milhões de pessoas não terem tomado conhecimento do pálido professor Ivan. Aliás, registre-se, a classe dos professores já foi melhor representada em batalha passada, tendo sido o professor Jean Wyllys ungido pelo "salve, salve" nacional até à vitória no front de número 5 (BBB5). Professor protagonista dá nisso!

Do outro lado, na briga, estava um antigo herói de Bial, Eliéser, paranaense de nascimento, mas, que por hipótese de sobrevivência, se faz mineiro. Bom, se na verdade "ele é Zé" ou mesmo um jacu (tolo, abobalhado), comer pelas beiradas (em campo acéfalo) lhe tem favorecido.

Pois é, o resultado do paredão de ontem "levantou a bola" ou "deu a deixa" e, metáforas à parte, me oportuniza rever aprendizados, que por mais pueris que sejam, têm seu valor didático:

"Na luta, se ganha e se perde. Feio é subjugar-se aos jacus da vida."
.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Brasil Sem Miséria: dever do Estado, tarefa de todos

.
Segue convocatória do Deputado Federal ZÉ GERALDO PT/PA.
 
"VAMOS ACABAR COM A EXTREMA POBREZA EM NOSSO PAÍS.
 
Amigas e Amigos, a partir do próximo mês de março de 2013, nenhuma das 2,5 milhões de famílias brasileiras cadastradas no "Programa Brasil Sem Miséria" fará mais parte do indigno e vergonhoso fosso social da EXTREMA POBREZA. Esta chaga cruel que parecia incurável tem seus dias contados. O Programa iniciado pelo presidente Lula tem toda a possibilidade de ser 100% concluído no Governo atual da Presidenta Dilma. Não descansaremos até o dia de não existir mais nenhum brasileiro ou brasileira na linha da extrema pobreza. Para isso ainda teremos de localizar cerca de, pelo menos, 700 mil famílias não cadastradas que ainda se encontram nesse patamar de exclusão total e encaminhá-las até a prefeitura de seu município para que cadastrem no Programa. Se conheces alguma família nestas condições em sua localidade faça de tudo para que ela se cadastre e passe a receber os benefícios do Programa. Meu amigo prefeito, minha amiga prefeita, vereadores e líderes comunitários façam campanhas em suas cidades para a localização e cadastramento dessas famílias restante. Vamos acabar definitivamente com a Miséria em nosso Pais. Já garantimos 24 bilhões de reais no orçamento de 2013 para isso."
 
MINHA OPINIÃO
 
Em Tucuruí será necessário, primeiro, acabar com o apadrinhamento cruel que é gerenciado dentro da Secretaria Municipal de Ação Social, onde impera a LEI DO CABRESTO - se determinada família se enquadrar no perfil político-eleitoral do grupo político do atual prefeito, é cadastrada no Programa, caso contrário, continua excluída. Entre muitas famílias já beneficiadas com o Bolsa Família em Tucuruí, o controle e a orientação eleitoral são regadas com as ameaças de exclusão que se lhes seguem.
 
Desvirtuamentos como esses, sejam nos programas sociais de baixa renda do Governo Federal ou noutros, devem ter fim.
 
ONDE DENUNCIAR
 
· Ministério Público Estadual:
Fone: (94) 3787-1356
 
· Ministério Público Federal:
 
· Polícia Federal:
Email: gab.srpa@dpf.gov.br (Superintendência em Belém)
Fone: (94) 3321-4008 (Marabá)
 
CONHEÇA UM POUCO MAIS DO Programa Brasil Sem Miséria
 
.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

PT 33 Anos: do Brasil, pelos brasileiros

.











Constelação...

Aos mais jovens ou experientes
Aos próximos ou doutro canto
Aos que sonham e realizam
Aos vermelhos, verdes, amarelos, azuis e brancos... brasileiros

Somos concretudes do Brasil, pelos brasileiros
Somos de convicta fé, da lida e de luta
Somos o presente e o futuro
Somos povo e nossas ações: Constelação

Parabéns Companheiros e Companheiras!!!

PT Saudações!
.